CUIDAQUI.com – Nossa proposta em breve vídeo!

por: Marilice Costi
  • CUIDAQUI.com é uma plataforma de produtos e serviços para familiares com filhos, irmãos ou pais que necessitam de cuidados especiais. São cuidados que exigem tempo incessante, diminuindo possibilidades profissionais; ocasionam despesas não planejadas para atender às mudanças de conduta, de pensamentos, de emoções... Tudo exige recursos por vezes urgentes com sua saúde integral.
  • Nem sempre um dos pais consegue lidar com as perdas de um filho desejado. É quando o cuidado necessário passa a sobrecarregar um deles ao ter que assumir tudo. O resultado é a solidão e, assim, o descuido com o autocuidado e a ausência de vida social.
  • CUIDAQUI.com é para atender inclusive às necessidades dessa pequena família.
  • Como mãe compreendo bem da dificuldade que é cuidar de pessoa com qualquer tipo de deficiência, transtorno, síndrome, lesão, autismo, seja lá o que for (penso que o diagnóstico no dia a dia é secundário), sem que se tenha enorme angústia pelo seu futuro.
  • No século passado, uma criança com dificuldades de desenvolvimento era chamada de "excepcional", termo hoje politicamente incorreto. Meu filho, apesar de seus mais de 40 anos, há pouco tempo adquiriu relativa independência, mora longe da família, numa casa de cuidados (por sua escolha) e prefere ser chamado “especial” desde sua infância.
  • A jornada dos familiares é permanente, com muitas tarefas. Alimentação especial, vestuário, escola, atendimentos, apoio escolar, transporte, comunicação, segurança, lazer, o eterno cuidado que adoece. São muitos os dias de cansaço, de sofrimento, de medo, de dor, de incertezas. Não importa onde esteja, sempre haverá exaustão. Importa que os familiares reconheçam sua singularidade e que tenham respeito por ele. Um auxílio em sua caminhada na idade adulta depende também dessa aceitação inicial. Que bom se atingirem a própria autonomia com a responsabilidade possível!
  •  Contate aquI  Se desejar, reveja aqui nosso vídeo.
  • E quando os familiares não estiverem mais aqui? Em seu futuro, com quem esses especiais ficarão? É preciso que aprendam a decidir e a fazer escolhas - mesmo que pequenas. Saberão fazer um Boletim de Ocorrência ao se sentirem agredidos, por exemplo. Ele já foi até uma Delegacia com você? Sabe comprar? Andar pela rua? E de ônibus? Seus vizinhos o conhecem? Tudo é muito importante. O mínimo é importante! O máximo é importante! Sempre o possível!
  • Muitos conseguem decidir sobre si mesmo. Há quem prefira morar distante da família e isso lhe dá o prazer da autonomia. Este descolamento dos seus familiares cuidadores é conversado normalmente? Sermos pais cuidadores implica também em prepará-los para as perdas na vida. São ciclos normais que geram frustrações.
  • Tenham o diagnóstico que tiverem, vale é que aprendam a lidar com as suas e nossas dificuldades - pois, como pais, também as temos, talvez ampliadas com o nosso envelhecimento. É a vida que segue.
  • Há muito a fazer para cuidar melhor de nossos filhos e de nós mesmos! Como escreveu sabiamente uma mãe na revista O Cuidador, “cada uma de nós tem apenas uma asa e juntando-nos poderemos voar!” O cuidado solidário é sempre gratificante. Ficamos fortes quando somos “uns com os outros”.

  • Contate aquI - Se desejar, reveja aqui nosso vídeo. 
  • Nada se faz sozinho.Construa conosco essa rede de cuidados. Indique e participe deste projeto. Participe do CUIDAQUI.com

     
      • Receba meu carinho sempre especial de boas-vindas! Aguardo seu contato.
      • Marilice CostiCuidaqui corações
      • CEO Cuidaqui
     Contate aquI Se desejar,

    Nossa Missão: Cuidar e Auxiliar a Quem Cuida

  • Nosso Mote: Um cuidador com apoio cuida melhor

  • Nossa Turma: Todos nós! O cuidado se faz "uns com os outros".


  • CUIDAQUI.com é um projeto de IMPACTO SOCIAL! Venha conosco!
 Contate aquI

Se desejar, reveja aqui nosso vídeo.